Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2009

UM FESTIVAL DE PLÁSTICO!

A TV PARAÍBA com a sua marca FORROFEST, tem produzido todos os anos no estado da Paraíba um Festival que segundo a TV PARAÍBA é um evento para divulgar a música nordestina e suas raízes forrozeiras. Será? Não é que se vê nos anúncios dos shows de encerramento das etapas de eliminatórias nas cidades patrocinadoras do evento, este ano Patos, Guarabira, Monteiro, João Pessoa e a final em Campina Grande no Parque do Povo. Na verdade um evento do porte do FORROFEST deveria ter como objetivo central a divulgação de nossa música e de nossa cultura popular; do nosso sanfoneiro, zabumbeiro, triangeiro, daquele pandeirista rei do ritmo que traz em suas veias a verdadeira essência do que seja forró e música de qualidade retratando nossas tradições nordestinas, nossa poesia matuta, nossa cultura do pilão, do repente e do xaxado, da sandália currulepo, do forró do poeirão, da pisada no terreiro e chão batido, socado, molhado com todo o carinho do sertanejo bom, sofrido e desejoso de não ver a sua …

Um furacão chamado Michael Jackson!

Um furacão de criatividade, de versatilidade, o maior cantor Pop de todos os tempos! o maior vendedor de discos da atualidade que alcançou a cifra de 100 milhões de cópias com um único trabalho! o artista que inventou o audiovisual na divulgação de sua música com uma performance que espantou o mundo com passos precisos e movimentos sincronizados de tronco, pernas, braços e cabeça que nenhum outro artista do seu tempo conseguiu superar. O menino prodígio, sem infância (começou a trabalhar aos 5 anos de idade), o homem frustrado, triste, uma máquina de fazer dinheiro. Onde está o homem e onde está o artista em Michael Jackson? Super exposto, procurado como um fugitivo pela mídia massacrante que não lhe dava trégua um segundo em busca de furos sensacionalistas sobre a vida do mito.
Michael Jackson de saúde frágil e de talento imensurável. Vivia entre as grandes turnês e as clínicas dos hospitais e os tribunais norte-americanos, vítima de uma lei hipócrita e seus milhares de advogados que …

SIVUCA-SINFÔNICA DE CAMPINA GRANDE, MUITO PRAZER!

A música paraibana está de parabéns! Que coisa linda é a Orquestra SIVUCA - Sinfônica de Campina Grande! Que coisa magistral, que repertório fabuloso tem a orquestra, unindo o erudito e o popular numa mistura espetacular de cadência e som que embala os sonhos de uma platéia boquiaberta com a versatilidade de seus músicos. Eu pensava ter ouvido de tudo, desde a Orquestra Sinfônica Brasileira, as Sinfônicas de Curitiba e São Paulo, a Orquestra Sinfônica da Paraíba entre outras, como tambem as orquestras de câmara como a Camerata de Curitiba, a bela Orquestra do Iguatú que aqui esteve tocando no ginásio do Sesi em uma Bienal do Livro, mas confesso que fiquei maravilhado e feliz com a expontaneidade e o bom gosto da Sinfônica de Campina Grande.
A Sivuca-Orquestra Sinfônica de Campina Grande está aí com um repertório vigorosíssimo de maxixes à la Chiquinha Gonzaga, baiões e forrós da lavra do Rei do Baião Luiz Gonzaga e do Mestre da Sanfona Sivuca, passando pela singeleza e a beleza da músi…

Abaixo as fogueiras!

A fogueira tá queimando... Vamos fazer fumaça? somos todos índios, mandamos mensagens como os Sioux do oeste americano através da fumaça! Santa fumaça que queima nos incensos das catedrais e purifica o ar dos templários mundo afora! Fumaça que defuma o toucinho que consumimos largamente e que gera milhões na bolsa de valores e de mercadorias. Fumaça que emite sinais, fumaça nociva à saúde, fumaça que determina a existência de fogo.
Abaixo todas as fogueiras! fogueira das vaidades, fogueira das bruxas, fogueira de São João, fogueira causadora de doenças, de males que afligem os brônquios e a saúde do nosso povo nos leitos dos hospitais e que por falta de informação e vigilância é acesa próxima de hospitais públicos para desespero de médicos e pacientes envolvidos nesse processo, em que o doente não é respeitado no leito dos hospitais, convalescendo de doenças respiratórias e sofrendo com as fogueiras de São João!

Edilberto.
As festas Juninas em todo o país e principalmente no nordeste brasileiro tem se tornado a menina dos olhos de muitos municípios espalhados pelo país, com investimentos estatais para alavancar o turismo e divulgar essa cultura tradicional do interior nordestino, que através de comidas típicas, danças e muito forró crescem a cada dia com a visitação de inúmeros turistas estrangeiros que por aqui aportam em busca de diversão e entretenimento embalados pelo culto à cachacinha nacional muito divulgada mundo afora e para cair na folia de grandes eventos juninos em cidades como Campina Grande-PB e Caruarú-PE com suas estruturas invejáveis de megaeventos de forró! Na contramão dessa festança está o culto às fogueiras de São João! O cidadão envolvido nas festividades das tradições juninas ultrapassa os limites da racionalidade, ao acender fogueiras nas cidades em frente a clínicas e hospitais públicos e privados, causando um problema sér…

S.O.S CULTURAL...

Um povo sem memória é um povo sem história. É um povo que não preserva o seu passado, seus monumentos, seu acervo cultural material e imaterial. É um povo sem tradições que vive do presente com um passado sem rosto, sem raízes, sem a sua riqueza maior: seu patrimônio preservado!
Em Sousa cidade do sertão paraibano, nós vivemos este dilema: temos um patrimônio riquíssimo da arquitetura art nuveau em velhos casarões que dia-a-dia são demolidos pela mão perversa do homem e sua cegueira perante a grandeza da preservação do patrimônio histórico; ninguem faz nada e se comete diariamente um crime contra esse acervo da nossa história. O IPHAEP orgão do governo do estado responsável direto pelo tombamento de bens imóveis no estado da paraíba tomba, mas não cuida. Não preserva, não conserva, não monitora, não projeta! A igreja do Rosário dos Pretos construída no século XVIII precisa urgentemente de restauração no seu interior, em sua estrutura e nas belas pinturas de suas paredes internas.
A ig…

EVOÉ CINÉFILOS!

Fiquei muito feliz ao ler uma matéria na internet sobre um circuito de cinema internacional desenvolvido por brasileiros na amazônia, que leva o cinema para os habitantes de populações ribeirinhas e tambem de países vizinhos que fazem fronteira com o Brasil. A felicidade é a de constatar que a cultura está sendo tratada de forma séria por esses ativistas e cinéfilos, que estão contribuindo de forma decisiva no projeto de formação das gerações futuras do nosso país, principalmente em uma região tão carente como a do norte do país. O cinema precisa desbravar a fronteira do conhecimento e mostrar-se mais às populações sem acesso à mídia e ao alcance de projetos culturais dessa natureza. O governo federal está desenvolvendo um programa que abre as portas para as pequenas comunidades desenvolverem o gosto pelo cinema: é o projeto Cinecultura, que através de organizações não governamentais e cineclubes desenvolvem a difusão de cine itinerante nas comunidades de baixa renda, levando à popula…

BANDA 13 DE MAIO (Resgate à Cultura...)

Quero fazer uma louvação à sensibilidade, essa chama gostosa que eventualmente carregamos dentro de nós; digo eventualmente, por que só o artista, aquele que tem dentro de si uma expressão que simboliza criatividade, inventividade, este sim é dotado de sensibilidade e esta, aflora dentro dele de forma natural, sem que para isso seja preciso condições favoráveis para desenvolvê-la. A arte não se fabrica, não se inventa como um projeto programado, articulado, preconcebido. Não! A arte é imprevisível! flui dentro da gente com uma rapidez tamanha, que sai atropelando a língua, tropeçando pernas, embaraçando pés e mãos, trocando olhares e confundindo a visão, por que arte se faz com o inesperado, o imprevisível, sem esboço, sem ensaio, sem condições favoráveis, na anormalidade do inconcebível; este é o berço da arte, do artista, da coisa genial que ninguem consegue ver antecipadamente, apenas Deus o senhor da criação e da vida.
Quero louvar aqui o empenho e a grandeza dos músicos da Banda d…

SOBRE A EDUCAÇÃO...

"Faça o que eu digo, não faça o que eu faço", "a educação vem do berço", "educação não é só arroz com feijão"... Esses ditados, bordões que escutamos no dia-a-dia dizem muito da nossa omissão e do nosso pouco caso com a educação. Vivemos hoje em um mundo do faz-de-conta; faz de conta que estou preocupado com isso, com aquilo; faz de conta que vai dar certo; faz de conta que vou trabalhar; faz de conta que vou realizar um bom serviço, que vou estudar; faz de conta que vou fazer um bom curso de capacitação; faz de conta que estou sendo um bom servidor público, etc, etc... e o governo? faz de conta que oferecendo o transporte escolar grátis, mesmo sendo oferecidos transportes de péssima qualidade para os estudantes em pau-de-araras, está contribuindo para a melhoria do ensino do país! faz de conta que professores mal remunerados, sem capacitação, sem concurso, sem estabilidade no emprego, estão formando jovens para o futuro com uma educação de primeira quali…

O LEGADO DE SÁ MARIA!

Nos sentávamos à beira da calçada para ouvirmos estórias de troncoso, que maravilhosamente nos fazia caminhar no imaginário, em um mundo mágico da narrativa de Sá Maria. Sá Mária era uma dona de casa rude, sem instrução, analfabeta, mas tinha o dom da narrativa, se expressava de uma forma tão elouquente que poderia colocar doce e fel na boca de quem ouvia suas estórias, em apenas um segundo. Me lembro que parávamos de brincar, de correr pela rua, deixando sem sentido as brincadeiras de roda, a ciranda, o pula-pula, o acusado, o brinquedo perdia o sentido lúdico, a sua importância, quando Sá Maria se dispunha a contação de suas estórias, seus castelos, seus arqueiros medievais, suas fábulas, suas arcas e seus navios abarrotados de ouro, potes e mais potes do precioso metal.
Aquela mulher singela, despertou em mim toda a paixão pelo imaginário que carrego comigo até hoje. Despertou a inquietação que tenho para escrever em todas as correntes e vertentes da literatura. Marcou a minha infân…

CADÊ O CINEMA?

O cinema mundial vive de superproduções e de grandes bilheterias. Gasta-se somas incalculáveis com roteiros cada dia mais complicados, locações em locais que dependem de grandes investimentos devido ao desenvolvimento de novas tecnologias para o cinema, como os efeitos visuais, a tecnologia computadorizada, a tecnologia 3D etc... O cinema dia-a-dia se afasta dos estúdios, procurando novas idéias, novas histórias, novos roteiros e novos investidores para suas produções, em virtude do sobe-e-desce nas produções cinematográficas onde cada dia gasta-se mais com atores, diretores, produtores, locações, marketing e publicidade. A produção de cinema exige um elevado investimento, mesmo porque o mercado cinematográfico evolui a cada dia como indústria e arte de entretenimento. O que não se entende, é por que o cinema não chega às pequenas cidades do país. Por que as cidades brasileiras em sua grande maioria não possui uma sala de cinema. Por que o cinema não chega às populações como a sétima …

UM TEMPO PRA MIM!

Hoje eu resolvi me isolar do mundo. Decididamente quero me isolar de tudo que me faça indiferente ao amor, à parceria, à cumplicidade, aos laços de afetividade que une duas pessoas pela amizade sincera, pela reciprocidade de sentimentos e gestos. Vou me desplugar de tudo! da TV à cabo, da TV aberta, do telefone celular, dos jornais e seus noticiosos sensacionalistas e tendenciosos, com o único intuito de me deixar com os nervos à flor da pele! Hoje vou me fechar para balanço! Vou me tornar inexpugnável. Vou me trancar por dentro e engolir a chave! Quero me dar férias das notícias negativas, dos furos jornalísticos envolvendo corrupção de administradores públicos e privados. Hoje fecharei a cara para as notícias de primeira página, para a resenha matutina do jornalismo radiofônico que me engasga todas as manhã no meu desjejum matinal. Quero me desligar desse lixo informativo que tira o sono de urso em estado de hibernação. Sabe o que eu vou fazer hoje? …

Um gesto Solidário, salva!

Era uma criança como toda e qualquer criança de cinco anos de idade. Com sonhos infantes, puros, a suspirar pelos cantos da sua humilde tapera com dias melhores para sua miserável vida, em sua miserável tapera, casinha de taipa no sertão nordestino, caatinga na região de Sousa-PB. Por infelicidade em meio a um intenso vendaval, sua casinha veio abaixo às duas horas de uma madrugada de um Sábado catastrófico, caindo metade da casa sobre esta pobre criança. Eu disse duas horas! ela só foi socorrida às oito da manhã, quando foi levada a um hospital e lá foi constatado fratura craniana em três lugares. O vômito e as sucessivas convulsões demonstravam uma situação gravíssima em que a criança precisava ser transferida com urgência para uma cidade maior, para ser tratada, já que a cidade de Sousa não oferecia recurso algum para a gravidade do traumatismo. Quando foi suscitada remoção da criança, o serviço de atendimento do hospital disse não ser possível…

PARAÍSO À VISTA!

Alguns anos atrás diziamos viver no paraíso. Apesar da corrupção na administração pública; apesar de convivermos com o fantasma da inflação corroendo o salário do trabalhador e a renda da população; apesar de uma má distribuição de renda e de um modelo de educação péssimo para os padrões internacionais, mesmo assim vivíamos num paraíso! Não tínhamos desastres naturais em nosso país, e éramos um povo pacífico que convivia harmoniosamente entre si, cada um aceitando a deficiencia do outro. Este era o Brasil de Outrora, o Brasil do ame-o ou deixe-o! O Brasil mudou. Vive as transformações mundiais. Temos vendavais nas nossas 200 milhas que assustam e destroem cidades litorâneas, são os chamados ciclones tropicais; a terra começa a tremer em alguns lugares do país e já começa a assustar! para quem não conhecia o fenômeno já temos pequenos terremotos no país! Se não tinhamos uma guerra civil, é bom ter cuidado com os sem terra, os s…

UM CANDEEIRO NO FORRÓ!

Há uma névoa ameaçadora entre o que é cultura brasileira nordestina, cultura das tradições juninas deste continente de expressões culturais e folclóricas que é o sertão e suas fantasias, e sua imaginação de universo da cultura popular. É a mídia fácil, o comércio de nossa arte como vitrine para o turismo globalizado, e com isso a expressão arte popular se descaracteriza de qualquer criatividade e do momento de imprevisibilidade para ser vista como a cultura do óbvio, basta ver a infinidade de bandas de forró de plástico vendendo um peixe visual, uma música visual com mulheres seminuas mostrando bundas fabricadas nas salas de cirurgiões plásticos à base de silicone e moldadas por horas infindas de academias de musculação. E a música? a música é preterida em função desse festival de pelanca e canções de duplo sentido que fazem apologia a um monte de aberrações, menos a música de qualidade. Uma luz no fim do túnel: a cidade de Caruarú no sertão pernambucano está priorizando o verdadeiro …

O QUE É SEGURO?

Eu fico me perguntando o que pode ser seguro para o ser humano? o que pode trasnmitir segurança? a pureza da água mineral engarrafada e vendida em garrafas de luxo em países como a frança e a itália onde o preço de certas garrafas de água mineral podem valer o preço de uma garrafa de champagne? bom, a água mineral engarrafada depois de seis meses ela pode desenvolver coliformes fecais tal qual a água do rio; então não se diferencia muito da água potável dos reservatórios que abastecem as cidades e a população em geral. O óvulo feminino guardado em laboratório através da criogenia (técnica de congelamento) pelas mulheres para uma gravidez futura, segundo a medicina não tem garantia nenhuma de que possa gerar um ser humano no futuro; o mesmo acontece com o congelamento de espermatozóides. A indústria farmaceutica vive num mar de incertezas quanto a eficácia de suas pesquisas relacionadas aos produtos dietéticos, produtos de baixa caloria, e o que é …

HUMOR CULTURA B

Hoje é 12 de Junho dia dos namorados! O Cultura B numa homenagem a todos os namorados, a todos que amam neste dia:

"Para provar que amava sua namorada e lhe fazer uma homenagem no dia internacional da mulher, um jovem de 20 anos subiu num xique-xique de costas, surfou nas asas de um boing 747, nadou no rio amazonas infestado de piranhas e jacarés, comeu sopa de aranha e cobra na tailândia e ainda gritou na praça principal de Caracas: - Abaixo Hugo Chávez! - saindo vivo de lá, sem nenhum arranhão! Chegou para ela e disse: - Amor fiz tudo isso para provar-lhe o meu amor! Fiz tudo isso por voce! - Fez não! Voce fez isso pra provar que é louco! eu não preciso de louco, eu preciso de um marido! Edilberto Abrantes.

HUMOR CULTURA B

JORNALZINHO VIL! Dona de casa que colocou veneno de rato no suco do marido, solução de bateria na sopa das crianças e ácido muriático no pudim da sogra, disse na polícia que tudo não passou de um grande engano; que ela por estar com o juízo fraco e com a vista ruim, anda trocando as bolas e misturando as coisas, mesmo porque sempre fora cuidadosa com as pessoas. Disse não entender como a malediscência do mundo, a inveja e a intriga da vizinhança poderia pensar que estaria querendo maltratar alguém. isto acontece. disse na polícia após ser presa em flagrante, denunciada pelos envenenados ainda vivos! Motorista injuriado, após ingerir uma considerável dose de meropéia, cangebrina, água que passarinho não bebe, teve uma estrovenga, um desassuntamento com um médico plantonista de um posto de saúde pública e tentou varrer o chão com o infeliz médico. Tentou esdpanar os móveis, tirar o pó do recinto usando a vítima como espanador. Com a vítima agarrada pela lapela, causou o maior frisson, o m…

HUMOR CULTURA B

MAL QUERENCIA PARLAMENTAR!

Enquanto isso em uma câmara de Vereadores.
- Oh senhor Presidente Berreiro do Povo, depois que o senhor passou para a oposição, eu tive um prejuízo danado!
- Prejuízo de que, seu Berrando Soares?
- Quando tú eras do lado de lá, eu e o Lelé tinhamos três rádios para chacoalhar o prefeito. Agora com voce aqui, a coisa ficou dividida! Tomei na tarraqueta, por que só ta dando vossa excelência no ibope, presidente!
- Isso é trabalho! carisma! prestígio!
- é não presidente. é o cargo que vossa excelêcia ocupa, ofusca os demais! dá destaque, impressiona, as pessoas tem tara por cargos!
- e o que eu posso fazer?
- Vossa excelência eu não sei. Mas eu sei o que vou fazer!
- O que é que vossa excelência vai fazer, vereador?
- Vou ficar na sua cola! ora bolas...

Edilberto Abrantes.

O QUE É A LEI.

O que é a lei? O que é justiça? Como fazer para se cumprir a lei? Como querer justiça? A lei e a justiça são distintas? Uma pode viver sem a outra? Teoricamente não. Na prática a lei está a centenas de milhas da instituição da justiça. A lei está nos alfarrábios, nos códigos civil e penal, no direito Romano, nas bibliotecas privadas de escritórios de advogados e magistrados, nas prateleiras das bibliotecas públicas, sendo comidas e devoradas por milhões de pragas e traças vorazes consumidoras de papel. Se gasta milhões de reais na restauração de velhos livros do patrimônio público, a constituição ano a ano reformada, emendada, costurada no parlamento para criação de leis e normas; Usa-se votações secretas, abertas, faz-se conchavos, agravos, cria-se blocos de lobistas, blocos contrários; cria-se uma rede de interesses para aprovação de determinada lei e no final das contas, para que? Até os decretos através de medidas provisórias são artifícios u…

FREI DAMIÃO, UM SERVO DE DEUS!

Em um país da europa
em solo italiano
nasceu Pio Giannoti
na cidade de Bozzano.
Cedo foi para o convento
e se ordenou franciscano!

Aos doze anos de idade
recebeu a eucaristia
compartilhando com cristo
aquela sua alegria,
depois daquele momento
sua vida mudaria

Já não seria o mesmo,
o garoto de outrora
espantaria os doutores
de sua época agora,
ávido do conhecimento
em Cristo e Nossa Senhora!

Entregar-se-ia aos estudos
em prol da humanidade
distribuindo ao mundo
amor, solidariedade
que o mundo era refém

A MÉDIA E A MÍDIA

A mídia, esse meio de comunicação está a serviço de quem? Qual a sua função social? Qual o seu objetivo enquanto veículo de massa? Pode um meio de comunicação usar a sociedade contra este ou aquele cidadão para atingir seus propósitos?
A mídia eletrônica que compreende emissoras de rádio, televisão, cinema e audiovisual, é uma concessão do estado. Portanto, os meios de comunicação devem estar a serviço da sociedade, da coletividade, não de um indivíduo, de um grupo ou de quem quer que seja. Os serviços prestados por uma emissora de rádio ou televisão, devem ser direcionados para a cultura do povo, divulgando a cultura, os costumes, as tradições e o seu folclore, transmitindo assim educação e cidadania; enfocando tendências, comportamentos e dando ênfase na construção de valores morais, ingredientes imprescindíveis para o crescimento e o desenvolvimento de uma sociedade melhor, mais participativa e …

FALTA SOLIDARIEDADE

O século XXI começou bem com a autosuficiência na área de petróleo do Brasil; com a eleição de um negro para a presidência dos Estados Unidos da América; com a quebra do mercado de capitais e com a falência de empresas como a General Motors, o jornal New York Times, o mercado fonográfico mundial e todas as mazelas possíveis desse mundo globalizado vindo à tona. A única coisa que não acontece é a miséria e a fome acabarem nesse mundo tão preocupado com o consumo desenfreado de bens e serviços, suas exportações e cotações de produtos industrializados, e cada dia que passa mais violência na tela do cinema e da TV num estímulo apelativo por mais audiência e mais publicidade da barbárie que acontece no dia-a-dia na vida da sociedade. Acredito fielmente que enquanto nos prendermos às coisas do mundo, às coisas materiais; que enquanto não formos solidários com os outros e com nós mesmos, fazendo e realizando as coisas mais simples…

DIREITOS OU NÃO!

Ninguém há de dizer que eu não seja simpatizante das causas sociais. Que não haja inclinação da minha parte para as minorias, para os menos favorecidos. Sempre defendi com unhas e dentes as questões relacionadas à cidadania e aos direitos dos excluídos, em sua totalidade negros e índios e seus descendentes. Mas são tantos os paparicos e as oportunidades oferecidos às minorias pelo governo federal, com leis que garantem cotas de ingresso nas universidades públicas para negros e índios, cotas de emprego nas empresas para negros, ciganos e índios, que estou me sentindo rejeitado, renegado por um estado paternalista com o lobby e o engano; a constituição de 1988 que o diga com o todo o caos criado por ela, deixando o país de mãos atadas com uma constituição cheia de artigos e tão velha.
A hipocrisia está tomando conta da política brasileira de uma forma tão assustadora, que beira o ridículo. Enquanto se cria cotas para negros e índios nas universi…

O URUBU PEDE ARREGO!

Meu papagaio Louro Green é quem está coberto de razão, quando diz entre currupacos e papacos na sua língua de papagaio, que hoje melhor seria nascer urubu! Por que apesar de já nascer vomitando, você convive com toda a sujeira do mundo numa boa e não se escandaliza mais com nada. Segundo meu papagaio, comer nos monturos e imundícies deste mundo não seria mais privilégio de urubus e abutres, nem tampouco de hienas e corvos; pior ainda de coiotes e ratos e aranhas! A podridão, a sarjeta, os escombros e o lixão podem parecer à primeira vista uma coisa do outro mundo, mas segundo meu papagaio Louro Green qualquer um se acostuma com o meio, basta o abandono, a desventura, o abismo, a falência, o infortúnio, a desgraça e todas as forças conspiratórias caírem sobre os ombros infelizes de alguém, que o lixo lhe será o refúgio derradeiro. E não é que até o lixo pode ser considerado um local para desafortunados tirarem o seu sustento?
Quanta…

Entretanto...

O povo reclama da poluição visual com a pichação de paredes e muros das cidades, com os canteiros públicos invadidos por painéis eletrônicos de publicidade obstruindo calçadas e praças, reclama do lixo em ruas e calçadas, entupindo bueiros e galerias que dificultam a passagem das águas das chuvas causando alagamentos e inundações com a chuva forte, entretanto é este mesmo povo que joga lixo nas ruas nos horários mais impróprios, desrespeitando a hora da coleta pré-determinada pelas prefeituras e seus departamentos de coleta de lixo.
Não há o menor respeito do cidadão com a cidade onde mora! O que se vê diariamente é um vandalismo exacerbado praticado por populares que não tem sequer idéia do que seja cidadania. O patrimônio público vem sendo depredado e desrespeitado de uma forma assustadora pelos cidadãos que esperam resposta do poder público para seus problemas e não dá sua contribuição, sua contrapartida para melhorar sua vida em sociedade. Na entrada das cidade…

RESENHA CULTURA B

A Cidade de Sousa sediará SEMINÁRIO NORDESTINO DA IDENTIDADE E DIVERSIDADE CULTURAL. Em reunião realizada na cidade de João Pessoa-Pb no dia 27 de maio de 2009, representantes do Ministério da Cultura NE, representantes do BNB e do Centro Cultural Banco do Nordeste em Sousa, além de representantes da Subsecretaria de Cultura do Estado da Paraíba, representantes de fundações culturais como o Sr. Ivan Rosendo presidente da fundação de cultura de Sousa. Nesta reunião firmou-se uma parceria entre a Fundação Municipal de Cultura e o Ministério da Cultura NE, par a realização do evento do Seminário que faz parte do calendário das discursões do Plano Nacional de Cultura estabelecido pela Conferência Nacional realizada em 2005. Para Ivan Rosendo o evento coloca Sousa no centro das discursões sobre políticas culturais no nordeste. O evento reunirá cerca de 200 gestores públicos de municípios nordestinos, além de representantes da sociedade civil. O evento cultural será realizado nos dias…

A FOGUEIRA TA QUEIMANDO...

"A fogueira ta queimando/em homenagem a São João/o forró já começou/vamos gente rapá pé nesse salão" - Luiz Gonzaga eterno Rei do Baião, foi um doutor em divulgar nossas tradições nordestinas, em cantar nosso cotidiano sofrido misturando ritmos e sons, e toda sua ritmada levada sertaneja que deu vida a tanta gente, que fez suspirar do mais abastado ao mais carente homem do sertão com sua música, com o seu aboio vaqueiro "eh boi, eh boi, eh boi do ceará..." "Vai boiadeiro que o dia já vem/pega o teu gado e vai pensando no teu bem!" Luiz Gonzaga sabia tocar o coração do sertanejo... lá dentro, lá no fundo, cá dentro de nossa alma, de nosso sertão de caatinga, o pedaço mais caro, mais valioso que nós sertanejos temos dentro de nós! nossas raízes, nossa força, nossa inspiração. Bafo de cuscuz, pamonha, o milho verdinho balançando no milharal do quintal de casa em meio ao sol abrasador, esperando ser colhido nas graças de Deus, para fazer a festa desse povo al…

FINAL DE CARREIRA

Eu já me sentia um cidadão em final de carreira. Barrigudo, fora de forma, bichado, pronto para pendurar as chuteiras e deixar os estádios da vida em função de muitas pancadas sofridas na minha correria desvairada em batalhar pelo pão nosso de cada dia. Embora tenha sido um jogador medíocre aos olhos de alguns, eu até me considerava bom de bola como peladeiro que fui no meu futebol de várzea.
Em meio a dribles desconcertantes aqui e ali, não consegui despertar a curiosidade de ninguém, alguém que visse em mim um exímio jogador, um craque de bola pronto para ser a menina dos olhos dos olheiros do futebol, aqueles que perambulam pelo país inteiro na esperança de encontrar um garoto bom de bola, para levá-lo quem sabe a uma escolinha de futebol de algum clube do sul do País.
Não tive essa sorte. Sempre fui um trabalhador. Sempre sulquei minhas mãos de calos. Nunca fui bom de pernas, de ginga, a não ser para correr. Co…

O CIRCO E A ARTE

Todos nós sabemos das dificuldades enfrentadas pelos artistas em nosso país. Artistas circenses vivem por aí, marginalizados, sem trabalho, sem espaço para mostrar a sua arte, sem um picadeiro, sem uma lona, sem estrutura para desenvolver a arte do sonho, da precisão na sua arte malabarista, da sua arte trapezista, flutuando como um saltimbanco na alegria de ser um artista de circo com todo seu riso, toda sua alegria, sua magia, sua devoção. Sabemos do teatro mambembe como sabemos das alterações climáticas do planeta, ou seja, nada. Da trupe que levava seu espetáculo nômade aos diversos lugares e recantos do país com maestria e graça, não temos conhecimento. De carroça, na boléia de um caminhão, de ônibus enfrentando todas as dificuldades possíveis que só o amor a arte pode superar, essa brava gente de coração pintado multicor, sem preconceito, sem vaidade (a única, levar a arte a todos), essa gente está sem palco; as dif…

MANIFESTO AO VALE!

A mão do estado paternalista, assitencialista, governista, está se tornando pesada e extremamente descuidada com as coisas mais importantes do patrimônio cultural de nossa geração. Não vou contemporizar, ou concordar com o estado, o governo da paraíba ou até mesmo com o governo federal pela sua cegueira e até omissão frente ao desmantelo e o pouco caso que se tem em relação ao empreendimento chamado Vale do Dinossauros na região de Sousa-PB, que tem servido apenas para visitação turística de gente que vem dos mais longinquos recantos e cidades das mais distantes do mundo, e mesmo assim com um sorriso de hiena, se deleitam com os mosquitos, com a falta e a ausência de infraestrutura (prova disso é que a PBTUR nunca fez um trabalho sério para estimular o turismo na região de Sousa), restando aos sertanejos daqui abandonar, esquecer, e lembrar que temos em nosso meio um dos maiores patrimônios arqueológicos do mundo moderno. A sudema, a pbtur e outros órgãos como o IPHAEP, a secretaria d…

APENAS UM SONHO!

Eu acordei chateado. Sequer tomei o matinal café da manhã com o tradicional pãozinho passado na manteiga, e tapioca com manteiga da terra. Estava deveras chateado, por que na noite anterior, não conseguira fazer uma das coisas que mais gosto: ir ao teatro! é, na minha cidadezinha do interior tem um teatro, acredita? tem, e um teatro dos bons com cadeiras confortáveis, com uma boas estrutura cênica onde se pode assistir bons espetáculos. É um teatro de 180 lugares pequeno, mas muito aconchegante.
Viver no sertão tem suas vantagens, aqui a cultura flui naturalmente, as pessoas consomem arte no seu dia-a-dia como assim o fazem com feijão e arroz. O poder público investe maciçamente na cultura, diversificando o seu leque de atrações e suas várias vertentes produtivas, resgatando e mantendo vivas instituições culturais ao longo dos anos, o que credencia nossa região como um celeiro de grandes artistas, que no seu cotidiano criativo vivencia apoio e incentivo da…

LIÇÃO DE CASA!

A disfarçatez das pessoas e o mau caratismo delas são impressionantes quando se trata de valores morais e éticos. O que se viu numa rede de televisão esta semana é uma coisa horripilante e horrorosa! dá o tom catástrofico e tenebroso do quanto as pessoas estão envolvidas com o consumo, com a vaidade, com seus vícios e com o pouco caso que se faz com a vida humana! Uma senhora, mãe de uma adolescente vendendo o corpo da própria filha por quatro cervejas! vendendo a sua liberdade e a sua condição de cidadã por R$: 500,00 reais! Onde estão os valores morais, éticos, cristãos e religiosos dessa gente?Neste universo de vilões, cafetões e cafetinas, viciados e drogados, pedófilos e maníacos sexuais reside a desgraça das adolescentes deste país, estupradas, curradas e desrespeitadas dentro do próprio lar; tratadas como animais nos prostíbulos e cabarés baratos de um mundo cão, que suga a inocência, a infância, a pureza de crianças órfãos de sentido de honestidade e retidão, de carinho e de a…