Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

um Circo diferente

Nós vivemos sobre o fio da navalha, andando no arame, na corda bamba de um circo cujo palhaço é o faz tudo da equipe circense. Fazemos palco com malabarismo para pagar e reger nossas obrigações diárias, enquanto cidadão devedor de impostos e obrigações sociais. Fazemos do trapézio e o seu sobe-e-desce contínuo nossas tarefas do dia-a-dia em nossa oscilação de humor, frente às adversidades e atribulações da vida moderna. Vivemos como um leão numa jaula, pouca comida na mesa, pouco espaço para locomoção, nenhum divertimento enquanto trabalhador, ao som do chicote e do açoite de um domador com cara de Fisco, polícia, Juizado, e o submundo que nos mantém presos em casa e dançando, pulando argolas, subindo em cadeiras e pulando em rodas de fogo para uma plateia cada vez maior de espectadores da desgraça alheia. A televisão está aí, mostrando as bizarrices de nossas mazelas cotidianas. Depois das novelas, dos seriados, dos filmes b, das produções de baixo valor cultural, agora inventaram os …