Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2013

O Brasil é um País sem Pobreza?

Na propaganda governamental o "Brasil é um país sem pobreza" e nós sabemos, o meu papagaio Louro Green sabe, mais do que ninguém que o que mais tem por aqui, é pobreza. Pobreza por todos os lados! Pobreza no compasso e na circunferência, em alto relevo. Pobreza aqui, está numa taxa elevadíssima por metro quadrado. Os índices de pobreza são assustadores! A nossa população vive em estado de calamidade, à margem da pobreza, sem saneamento básico, sem emprego, sem educação, sem acesso à saúde de qualidade, sem moradia; refém da violência com os altos índices da criminalidade aliados às drogas, à prostituição e à corrupção. Dizer que estamos caminhando para a erradicação da pobreza no Brasil é no mínimo uma incoerência e de um cinismo sem precedentes, imaginar mesmo este, um governo cara de pau, segundo a opinião de Louro Green esse papagaio de pirata porreta e que vai longe com seu raciocínio animal e sua mania de obliterar tudo que é suspeito e sem nexo. Afinal, segundo ele, p…

José Queiroga de Melo, Obrigado Maestro!

A Banda de Música Municipal "13 de Maio" da cidade de Sousa teve sempre como um grande referencial na sua trajetória musical na região a genialidade de grandes músicos e profissionais do mais alto conhecimento da música de dobrados, polcas e hinos, conteúdo mais que indispensável para as apresentações da banda nos eventos festivos e datas comemorativas da municipalidade, tendo um naipe de grandes musicistas a serviço da Banda de Música 13 de Maio e dentre eles o grande Maestro José Queiroga de Melo que dedicou a sua vida à música e a formação musical de uma geração que se espelhava nele para produzir música e contribuir com a cultura sousense como assim fez o grande maestro. José Queiroga de Melo foi o grande ícone de uma época de ouro, quando no início dos anos 1970 dirigia de forma magistral e soberana a Banda de Música 13 de Maio que entre seus músicos reinavam os mestres Zé Cassiano, o mestre Dui, Nego Chico, Chico Cruz, Dedé Cruz, Edmilson Gadelha, Mané Zuza, Chico do …