Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2009

ARTE ITINERANTE!

A Petrobras Distribuidora vai patrocinar a apresentação de 43 peças teatrais em 86 cidades brasileiras até Dezembro do ano que vem. Isto é resultado do projeto de seleção pública feito pelo Programa BR de Cultura e que vai beneficiar a arte da representação pelo país inteiro no ano que vem.
É um investimento de mais de 12.000.000,00 (Doze Milhões de Reais) feito exclusivamente para a circulação dos espetáculos. O programa BR de Cultura complementa o Programa Petrobras Cultural, que dentre suas modalidades apóia a manutenção das companhias de artes cênicas e a produção teatral através do prêmio Mirian Muniz, em parceria com a Funarte.
O programa recebeu 384 incrições de projetos, sendo 256 aptas na triagem e 43 selecionadas para apresentações nos 85 municípios. A comissão de seleção contou com a participação de profissionais do meio artístico como Antonio Pitanga, Paulo de Moraes, Oscar José e Paulo Gregório.
Resta-nos esperar pelas apresentações e digerir ess…

O COMÉRCIO NO TEMPLO!

DIA DO FOLCLORE!

Salve o folclore brasileiro e suas manifestações populares. Salve a congada e a folia de reis! Salve a ciranda e o samba de roda! Salve o maracatú do baque virado, o boi encantado, o boi de reis, a catira, o caboclinho... Salve o folclore brasileiro e o seu dia do folclore dia 22 de agosto!
Estão de parabéns todos os pesquisadores e folcloristas com suas vidas voltadas para a preservação do folclore. Folclore que foi a vida de Luis da Câmara Cascudo folclorista brasileiro que dedicou sua vida pesquisando e difudindo o folclore na cultura nacional e todo seu legado em prol da cultura brasileira.
Salve a cidade de Olímpia no estado de São Paulo e sua devoção em preservar e continuar o trabalho de resgate à cultura folclorista através de um museu das manifestações populares como a Congada e Folia de Reis.
O Museu da cidade de Olímpia-SP, que todos os anos realiza um festival de danças populares é a prova viva da importância das danças f…

TOLERÂNCIA ZERO!

Eu queria ser um bezouro preto aquele que chamam cavalo-do- cão, voando imponente sobre as cabeças das pessoas imbecilizadas partidárias dos acéfalos sem causa e sem objetivo definido que não o de obstacular a vida das pessoas, o bem-estar de outrem que não o seu. Queria ser o cavalo-do-cão com seu ferrão afiado para enfiá-lo no rabo dos insensatos, dos infelizes maria-vai-com-as-outras, os incontestes lagartixas a serviço do baixo clero da política de resultados, da politicalha destruidora e desacreditada dos dias atuais que precisa ser banida de uma vez por todas destas paragens. Até quando veremos ministros, senadores da república, ilustres visitantes de nossa cidade serem mau recebidos pela escória de mau feitores pagos para denegrir, para vandalizar o patrimônio público, as festas tradicionais de nosso município? As atividades artísticas e culturais de nossa terra precisam de gente para aplaudir seus eventos e não para vair pessoas que vem a esta cidade a trabalho, lazer ou outra…

UM SHOW DE CULTURA!

Quero parabenizar do fundo do meu coração todas as pessoas envolvidas com cultura de um modo geral. Cidadãos envolvidos no resgate e trabalho de pesquisa na cultura popular; produtores culturais antenados com as manifestações populares e sua diversidade: cantiga de roda, coco, repente, banda cabaçal, teatro de boneco, artes plásticas; artesanato em barro, couro, metal, madeira, tecido, fibras naturais, etc... Trabalhadores desse seguimento tão difícil hoje em dia quanto resgatar a auto-estima e cidadania nas pessoas.
Ontem no Centro Cultural Banco do Nordeste aqui em Sousa-PB, tivemos a 2ª edição da Bienal do Livro com a entrega da comenda Padre Ibiapina aos educadores, artistas locais e regionais, e demais autoridades sousenses. O repentista Oliveira de Panelas deu um show de repente e poesia no evento, com a abertura de seu Show sendo feita pelo competente artista local Edilberto Abrantes, dando uma palhinha numa reverência ao mestre baiano Dorival Caymmi e para terminar cantou tambe…

Cidadão mau formado!

Quando dizem que o cidadão atual é um indivíduo bem informado, o meu papagaio Louro Green dá boas risadas em um curupaco papaco difícil de entender! Já pensou, risada de papagaio? é o fim da picada, né não? mas se é para botar um sorriso na cara de um sofrível animal em vias de extinção, que o façam dizendo que o cidadão hoje é bem informado. Não é.
Se o cidadão que vive em meio às tecnologias, no meio das parabólicas da vida, dos celulares cada dia mais enfiados no contexto da vida moderna, das televisões de plasma, dos microcomputadores e laptops da vida. Se o cidadão viveu e assistiu a queda do muro de berlim; a perestróika e a glasnot na Rússia com a queda da União Soviética; viu a china crescer com um regime comunista e um sistema de governo Capitalista; assistiu um negro ser eleito presidente dos estados unidos; viu o apartheid ser banido da áfrica do sul e Nelson Mandela eleito seu presidente; Viu as Torres gêmeas símbolo do…

TORTA INDIGESTA!

Essa torta é para a população paraibana digerir e comer bem devagar, saboreando pouco a pouco, para aproveitar todos os malefícios que ela vai trazer aquele que tiver a infelicidade de comê-la. Esta receita nos foi enviada pelos chefs da Cuisine da politicagem paraibana, formulada pelos mestres cucas e experts da arte da política de resultados.

Ingredientes da massa:

- uma porção da loucura e incoerência dos que fazem a oposição local, que se julgam senhores do bem e do mal;
- uma porção da omissão e da hipocrisia do governador do estado, que demite servidores e pais de família do mais baixo escalão para beneficiar apaniguados e correligionários; - uma colher de chá da vista grossa da justiça, que através da sua cegueira, tem embolado o meio de campo e aberto precedente, para esse tipo de caos: beneficiando bionônicos através de processos eleitorais em desrespeito ao eleitor que foi às urnas e escolheu livremente; - uma pitada da notícia facciosa promovida pela mídia burra, parcial, comp…

UM LABORATÓRIO NO SERTÃO!

Alô Dona Conceição isto aqui é um coração! Alô seu Joaquim venha ver um Rim! Como diria o Chacrinha nos seus bordões na televisão para animar o seu programa de auditório, quem não se comunica se trumbica...
Ontem, visitava eu e minha mulher uma escola Estadual aqui em Sousa-PB, e para surpresa nossa a diretora da escola, modestamente nos convidou para conhecer um laboratório de estudos científicos nas dependências da escola, fiquei maravilhado com a descoberta que em pleno sertão da Paraíba existisse tamanho empreendimento: Um laboratório de estudos e pesquisas para educar e formar cidadãos sousenses no mundo seleto dos pesquisadores científicos. Fiquei mais feliz ainda com o esmero, com o cuidado da direção da escola na montagem desse importante centro de estudos e com a referência de talvez ser o único no estado da paraíba no ensino público do estado.
A direção da escola se mostrou entusiasmada em desenvolver seus estudos científicos …

Desplugar para ser feliz!

Que saber? estou cansado das velhas histórias contadas repetidamente por velhos papagaios contadores das mesmas histórias do nosso dia-a-dia velho sofrido sem nada de novo para acrescentar no capítulo diário de minha vida! Estou cansado dos sensacionalistas que através de sua ótica dramática e tragicômica fazem de um fato burlesco, uma coisa simplória, rotineira da vida do trabalhador moderno um fato desproporcional que fica dias e dias buzinando em nossas cabeças nos jornais televisivos, nas mídias radiofônicas, nos periódicos da imprensa dos diários, na internet. Nada de novo tem acontecido neste mundo globalizado, nem mesmo a queda da menina do quarto andar; o bebê estripado para esconderijo de drogas; a Serial Killer que detonou quatro filhos e o marido e a sogra e depois foi assistir a matinê com sorvete de morango e chantilli, dando boas risadas... Nada de novo tem acontecido, nada tem nos deixado mais próximos ultimamente, nos fortalecido, nos tornado mais solidários e mais con…

O FUTURO DOS EXCLUÍDOS!

Nossas crianças estão se tornando adultos prematuramente, e à margem da lei! São foras-da-lei nossas crianças desse mundo virtual que estamos construindo à nossa volta. As leis protecionistas que através do braço emperrado do estado brasileiro tentam dar um sentido lúdico e educacional a nossas crianças, tem feito justamente o contrário, criando um mundo de meninos e meninas sem educação, sem estrutura familiar, sem formação moral e religiosa, despreparado para enfrentar um mundo cada vez mais complicado e cheio de adversidades e problemas, que requer equilíbrio e maturidade frente à violência crescente na vida moderna, onde a banalidade das praticas criminosas se tornaram uma constante na sociedade, principalmente envolvendo crianças com o fantasma da pedofilia, do círculo vicioso das drogas e consequentemente com a falta de segurança enfrentada pelo cidadão.
Uma das coisas mais prazeirosas que guardo dentro de mim é o fato de ter começado cedo a minha jornada de trabalho; comecei a t…

A NOITE MAIS LONGA DO MUNDO!

Era uma noite de forró das mais festivas do sertão paraibano. Uma noite de forró, um arrasta-pé como era chamado na época lá pras bandas de São João do Rio do Peixe. Salão decorado com bandeirolas de todas as cores, lampiões de gás iluminando o recinto de chão batido, lisinho, pisado esmeiradamente com todo carinho para o acontecimento daquela noite de forró. Todos esperavam com ansiedade a presença do Trio Nordestino, famoso grupo de forró de sucessos como Chililique, Forró Pesado, Procurando Tú e outras pérolas da tradicional música nordestina!Começou o forró e naquele sarrabuiado, naquele chamegado, a moçada se entregava, se esfregava, arrastava o pé na pintura do salão. Era um sucesso atrás do outro tocado naquele salão cheio, apinhado de sertanejos ávidos por uma noite forró para balançar o esqueleto e dar um trato em seus xodós, seus amores, suas querências. Tava tudo na paz, quando nego Zeca de Luzia desembainhou sua faca de doze polegadas e bramiu-a contra os tocadores de forr…

PRIMEIRO CENTRO DE REFERÊNCIA CIGANA NO NORDESTE

Inaugurado na cidade de Sousa Paraíba, o CCDI é uma ação da Seppir-PR, promovida com o apoio da SID/MinC.
O povo cigano da cidade de Sousa, no Alto Sertão paraibano, região que concentra mais de 600 pessoas da comunidade Calon, está em festa com a abertura do primeiro centro de referência cigana do Nordeste: o Centro Calon de Desenvolvimento Integral (CCDI).
Inaugurado na manhã de quinta-feira, dia 6 de agosto, no Jardim Sorrilândia III, o CCDI é uma ação coordenada pela Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (Seppir-PR), que conta com o apoio do Ministério da Cultura, por meio da Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural (SID/MinC).
Estiveram presentes ao evento, o ministro da Seppir-PR Edson Santos; o governador da Paraíba José Targino Maranhão; o secretário da SID/MinC, Américo Córdula; a chefe da Representação Regional Nordeste do MinC, Tarciana Portella; o Prefeito de Sousa Fábio Tyrone; dentre outras autoridades.
O minis…

FAZER CULTURA É DIFÍCIL!

Fazer cultura é muito difícil em toda e qualquer região desse país chamado Brasil. Porque grande parte das pessoas que se dizem envolvidas em seguimentos culturais não comparecem aos eventos em prol da cultura: seminários, palestras, convenções, troca de idéias, e eventos culturais. As pessoas vivem mentindo para si mesmas que pertencem a determinados seguimentos dessa ou daquela cultura, mas não fazem nada para mudar o estado de coisas que envolve a cultura e suas dificuldades. Neste Seminário da Diversidade Cultural evento que ocorreu sexta e sábado no Centro Cultural Banco do Nordeste, veio gente da Bahia, de Pernambuco da grande Recife, gente do Ceará, do Rio Grande do Norte, do Piauí, do Interior da Paraíba, de Goiás. Tivemos a presença do secretário da Diversidade Cultural em Brasília do Ministério da Cultura Sr. Américo Córdula; Presença de Tarciana Portela representante do Ministério da Cultura no Nordeste; Presença de Palestrantes das Universidades de Minas Gerais e do Ceará;…

UM SHOW DA DIVERSIDADE CULTURAL!

Foi um show memorável e em sintonia com o evento o show da Banda Cabaçal de Zé Pretinho da cidade de Tavares- PB, convidada para tocar no Seminário da Diversidade Cultural no Centro Cultural Banco do Nordeste em Sousa-PB. O Seminário promovido pelo Ministério da Cultura em parceria com o Banco do Nordeste, teve a participação de mais de 200 gestores públicos e privados de boa parte dos estados do nordeste.
Seis músicos, seis irmãos, seis artistas, seis entuasiastas na luta de preservação de uma música genuína dos sertões. O pífano piou, gemeu, encantou acompanhado de caixas e repiques e Zabumba numa mistura de sons deliciosa e emocionante. Fomos pegos de surpresa com a beleza e a musicalidade da Banda de Zé Pretinho de Tavares, um rico patrimônio cultural que deve ser preservado em toda sua grandeza e conteúdo musical.
Para finalizar o evento, houve uma apresentação de gala no pátio do Centro Cultural com o maracatú de Pedra Lavrada e sua riqueza de detalhes inestimável. Parecíamos volt…

Casamento sem futuro

Um casamento sem futuro é o que todo pai que se preza não deseja para seus filhos! Um casamento com uma dama falada, uma dama com a vida pregressa na boca do povo, com um currículo duvidoso, uma folha corrida das mais desacreditadas então, é de causar estranheza e uma certa apreensão, ainda mais quando esta, tem dois pretendentes e se divide entre eles como um pão doce recheado, metades de uma laranja, as bandas de um io-iô, para atingir seus objetivos de união instável com um e outro. Afinal de que estamos falando mesmo? do terreno perigoso que é a política partidária, que envolve a sociedade unindo leigos, políticos convictos e gente simples que se deixa envolver e mistura as coisas, e se expôe de forma perniciosa, de forma desrespeitosa com as instituições e seus representantes.
As pessoas comuns tem que se portar como pessoas comuns; os políticos tem que se adequar à função que exercem e se comportar como dirigentes e formadores de opinião; descerem do tablado e antes de tudo assu…

O NOME DELE É VALDEMAR!

O nome dele é Valdemar. Valdemar do realejo, do reco-reco e do pífano! Valdemar da flauta, imitador de passarinho e de boa parte da fauna nordestina. Um artista completo das feiras e praças das cidades do sertão nordestino. Valdemar cosmopolita, tanto faz vê-lo em apresentações no nordeste como em eventos e feiras no sudeste do país, nas grandes feiras de São Paulo ou na feira de São Cristovão no Rio de Janeiro.
Desde criança que o conheço. Artista de porte franzino, magro, olhos miúdos parecendo um asiático, baixinho, vestindo traje simples, chamando a atenção pelo seu desempenho e versatilidade nas apresentações em praça pública. Toca flauta e reco-reco quase ao mesmo tempo numa sintonia assustadora. Perfeccionista ao extremo, conta piadas e dança e chora e toca, deixa o povo, seus espectadores feirantes e transeuntes maravilhados, perplexos com tamanha desenvoltura e preciosismo na execução de seus instrumentos: realejo, gaita de boca, flauta, pífano e reco-reco. Toca a música renas…

OS POPSTARS DO SERTÃO!

Um Popstar no sertão paraibano seria no mínimo hilário, um contrasenso, uma ideia estaparfúdia, coisa impensável e horrorosa... Não que a caatinga com seu chão ressequido pelas intempéries de um inverno fraco de chuvas, não possa ter o privilégio de seus popstars sertanejos! O sertão nordestino é o maior celeiro de grandes músicos e instrumentistas do mundo; que ninguem duvide disso. Hermeto Paschoal um dos grandes gênios da música contemporânea é um exemplo disso. Dominguinhos é outro monstro sagrado do forró de chão batido! Luiz Gonzaga saiu do sertão seu moço, do seu bodocó! O grande mestre Sivuca, o grande Sanfoneiro Severo, o grande ritmista Jacson do Pandeiro, sem falar em Pinto do Acordeon, Flávio José, e outros tantos como Canhoto da Paraíba, Severino Araújo e sua Orquestra Tabajara! Seu Nicó Gadelha um dos maiores músicos paraibanos que Sousa viu crescer e tocar como ninguem! Mané Cibito e seu fole de Oito Baixos com toda sua musicalidade e genialidade de um grande músico ser…

A CORNETA DEMOCRÁTICA!

A ideia de democracia é uma coisa para inglês no sertão paraibano. O coronelismo enraizou-se de tal forma no seio da sociedade sousense que beira ao ridículo. Estamos vivendo em Joanesburgo na áfrica do Sul em meio a uma guerra de tribos rivais como há quatrocentos anos na disputa das etnias africanas. Estamos nos tempos da repressão do apartheid quando a maioria negra vivia escravizada pela minoria branca. Estamos vivendo nos estados sulistas da América do Norte que não aceitam a liberdade e o crescimento igualitário da sociedade e vivem de suas quimeras, suas espirais de sonhos, seu platônico caso de amor com o poder, sonho insustentável e desprovido do concretismo de seus ideais comunitários.
Como pode uma cidade, uma comunidade, uma sociedade viver e se desenvolver sob a luz da marginalidade, da discórdia e de constantes lutas e sabotagens? Não está aí a região da Chechênia na Rússia para testemunhar? em meio aos escombros de uma disputa injusta e inglória que penaliza a população …

UMA SOCIEDADE AGONIZANTE!

Uma sociedade agonizante está à nossa porta pedindo socorro! Seus filhos estão num mar de tempestades em meio a arrecifes perigosos, à deriva... Não há um farol, um lume, um vislumbre de salvação! Quanto filhos ainda teremos que chorar? Quantos adolescentes ainda teremos que enterrar, para que a sociedade se mobilize contra esse dragão do mal das drogas? Minha gente o viciado é um doente, um dependente químico que precisa de tratamento. A sociedade não vê assim e por isso nossos jovens estão sendo mortos na fase mais difícil de suas vidas, na adolescência. Não precisamos abrir as páginas dos jornais para encarar a dura realidade da violência, de crianças sendo mortas como usuárias de drogas; de crianças queimadas pela negligência de pais viciados e drogados, que aos olhos da lei não merecem punição por serem parte do problema.
Eu estou me lixando para o problema, não é comigo que se dane! Voce tambem pensa assim... não é seu problema, que se danem os orfãos, os adolescentes irresponsá…

UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL...

"Faz tanto tempo que eu não tomo chuva, faz muito tempo que eu não tomo sol..." diz a canção com toda a profundidade poética da Música Popular Brasileira. Faz anos que a passividade cultural de nosso povo, que a luta em defesa de nossas tradições, de nossos bens culturais estão adormecidas, hibernando sob o gelo polar de nossas aspirações comedidas e achacadas pela força comercial de subprodutos culturais que concorrem deslealmente à custa de dinheiro e influência.
Um luz brilha no fim do túnel. A ARPUB - Associação das Rádios Públicas do Brasil acaba de lançar um Festival de música nacional em toda rede de suas associadas pelo país, para tocar e premiar justamente os artistas que não tocam no circuito convencional de rádios do país. Do Rio Grande do Sul a todos os estados da federação, a rede de emissoras que compreende a ARPUB realizará o festival tocando os participantes em suas programações de rádio e tambem com a participação de internautas para escolher a melhor música …

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Quantas vezes não recriminamos nosso vizinho por jogar lixo na calçada? em terrenos baldios próximos a nossa casa? próximo ao nosso trabalho, aos locais que gostamos de freqüentar? ou até mesmo em locais que passamos diariamente, indo ou vindos de nossas atividades diárias? Diante disso, o que vemos diariamente – as pessoas dando de ombros, e sujando ruas, jogando lixo nas calçadas, nas praças, nos terrenos baldios... quando podam árvores no quintal de casa e jogam no meio da rua, nos canteiros públicos, impedindo o trânsito de circular livremente, causando muitas vezes, até acidentes por esse gesto. Ficamos indignados, e até nos perguntamos por que essa violência, essa falta de educação, essa desinformação, esse vandalismo para com a comunidade que moramos. Perguntamo-nos quando as pessoas terão a consciência do mal que estão causando a si próprias... Perguntamos-nos até quando isso vai durar… Será liberdade demais? Culpa do governo? Das instituições? O que está acontecendo com as pe…